COC – Clube de Orientação do Centro » Blog Archive » O COC venceu colectivamente o POM 2018.

O COC venceu colectivamente o POM 2018.

Pela bom desempenho dos seus atletas, porque estes cobrem os diversos escalões etários, o COC venceu colectivamente o POM 2018, suplantando-se aos 493 clubes presentes.

Destaque para a vitória de Joaquim Sousa em M45, única vitória portuguesa no POM, bem como o excelente 4º lugar de Tomás Lima em M18.

Para a classificação colectiva por clubes pontuam e pontuaram em cada uma das 4 etapas oficiais do POM os 7 melhores jovens, os 7 melhores seniores e os 5 melhores veteranos.

Unanimemente considerada a prova rainha da orientação pedestre nacional, o Portugal Orieentering Meeting 2018 disputou-se entre os dias 10 e 13 nos Concelhos de Évora e Portel.

A organização a cargo do ADFA-Delegação de Évora, da FPO Federação Portuguesa de Orientação e da IOF (Federação Internacional), contou com os importantes apoios dos Municípios de Évora e Portel, a que se juntaram instituições, empresas e outras forças vivas da região.

O POM provocou o aumento na procura dos alojamentos, na restauração e no comércio alimentar, que assim retribui à região os apoios recebidos para a sua realização.

O evento contou com a participação de 2.263 atletas, em representação de 493 clubes de 35 Países. O COC esteve presente com 65 atletas, com os seus atletas a distribuírem-se pelos vários escalões etários entre os 10 e os 60 anos de idade.

A primeira etapa foi disputada na Cidade de Évora, património mundial, com os atletas a emprestarem um imenso colorido em movimento na zona histórica da cidade. Prova rápida, com distancias para que os vencedores completassem os seus percursos com cerca de 30 minutos.

Paralelamente às 4 etapas pontuáveis para o POM, no domingo disputou-se uma prova de Pré O para os escalões Paralímpicos e Aberto. No escalão aberto participaram 5 atletas do COC, tendo-se destacado Inês Domingues que obteve o 3º lugar nessa classe.      

As etapas de domingo a terça-feira foram disputadas no mapa de S. Bartolomeu do Outeiro, terreno típico de montando alentejano, caracterizado por interessantes recortes de relevo, a que se juntavam imensos detalhes rochosos a elevar o nível técnico da prova. A estes agradáveis ingredientes para a Orientação, juntava-se alguma vegetação a reduzir a visibilidade, sem contudo nunca condicionar uma boa progressão em corrida.

Corrida rápida, rendilhado de relevo muito similar a convidar a uma navegação permanente, condições meteorológicas propicias à corrida, percursos desafiantes com uma organização em bom plano, fizeram desta edição do POM um evento de bom nível que agradou a todos quantos nele participaram.

Pela obtenção dos melhores resultados nos respectivos escalões, incluindo as elites onde participarem atletas mundiais de elevado nível, destacamos:

1º Classificado – Joaquim Sousa M45

4º Classificado – Tomás Lima em M18

7º Classificado – Matilde Batista W12 // Miguel Braz  M14 // Rodrigo Oliveira M16

9ª Classificado – Susana Pontes W35

10 º Classificado – Anabela Vieito W40

13º Classificado – João Bernardino M20 // Rafael Lima M40

17º Classificado – Catarina Castelão em W21A

18º Classificado – Gildo Silva M Elite

43º Classificada – Adelindina Lopes W Elite

A próxima prova do calendário nacional, com uma etapa pontuável para o ranking mundial, será o PIOM – Penamacor Internacional Orieentering Meeting, disputar-se-á nos dias 17 e 18 de Fevereiro com o COC como clube organizador.

Deixe um comentário

Nota: A moderação de comentários está activa, o que vai atrasar a sua publicação. Não há necessidade de re-enviar o seu comentário.