XVII CAMPEONATO IBÉRICO 2009 DE ORIENTAÇÃO PEDESTRE (TOLEDO – ESPANHA)

No passado fim-de-semana de 31 Out e 01 Nov 2009, decorreu em Toledo (Espanha) o XVII Campeonato Ibérico 2009 de Orientação Pedestre, que ficou, irremediavelmente, marcado pela anulação da prova de Distância Longa, no domingo, devido a um erro da organização no número de código de um Posto de Controlo.

COC

Neste evento, para além dos 6 atletas do COC representando a Selecção Nacional, Tiago Romão (Jun Masc), Patrícia Casalinho (Sen Fem), Catarina Ruivo (Sen Fem), Paulo Franco (Sen Masc), Joaquim Sousa (Vet Masc I) e Luísa Mateus (Vet Fem II), esteve uma delegação com 27 atletas.

O XVII Campeonato Ibérico foi composto por uma prova de Distância Média, na manhã de Sábado (31 Out), por uma prova de Sprint Urbano (obrigatória apenas para as selecções), na tarde de Sábado (31 Out), e por uma prova de Distância Longa, na manhã de Domingo (01 Nov).

A prova de Distância Média decorreu num mapa novo, numa área a Oeste de Toledo, junto a uma urbanização, a mesma que deu o nome ao mapa: Montesión. Num terreno com alguma vegetação rasteira, que dificultou a progressão, a prova começava numa zona mais elevada e com postos de controlo relativamente acessíveis. No entanto, a partir do primeiro terço da prova, a malha de postos de controlo adensava-se na parte Norte do mapa, numa zona com declives relativamente acentuados, a exigir bastante aos atletas, do ponto de vista físico, assim como do ponto de vista técnico, em particular devido a alguns postos mais “escondidos”. Alguns critérios utilizados na cartografia do mapa, nomeadamente a escala do mesmo (que não parecia corresponder a 1:10.000) e a vegetação, contribuiram também para tornar mais difícil a orientação de todos quantos efectuaram esta prova.

Para ver o mapa de Distância Média, clicar aqui.

Media

Montesión (imagem aérea / Google Earth)

A prova de Sprint Urbano decorreu na parte histórica da cidade de Toledo, com chegadas a um dos dos seus locais mais emblemáticos: a Praça de Zocodover. Esta é uma zona urbana espectacular, mas bastante difícil para uma prova com estas características, quer pela multiplicidade, quase infindável, de ruas sinuosas, de traçado irregular e que se cruzam numa malha cujo padrão é indeterminado, quer pelo declive acumulado que é possível incluir nos traçados dos percursos, tendo em conta a localização da cidade, com um centro histórico numa zona elevada, sendo rodeada, quase como se de uma ilha se tratassse, pelo nosso conhecido Rio Tejo.

sprint

Toledo (imagem aérea / Google Earth)

A prova de Distância Longa disputou-se nos terrenos da reserva militar da Academia de Infantaria de Toledo, a sudeste da cidade, no mapa “Los Alijares”, não completamente novo, mas alargado a Oeste com uma área cartografada recentemente. Os percursos caracterizaram-se por pernadas grandes, em particular na fase inicial, com uma  parte final bastante exigente fisicamente. A rede de caminhos existente, tendo em conta os traçados dos percursos, serviu, essencialmente, como referências transversais à direcção de progressão. Também aqui, alguns critérios de cartografia, em particular os relacionados com a largura dos caminhos, sofreram algumas críticas por parte de muitos participantes, pelas dúvidas que levantaram. Esta prova acabaria por ser anulada para os escalões H18, D20, HE e H45 na prova das Selecções, e para os escalões H18A, D20A, He e H45 na prova pontuável para os Rankings Nacionais, português e espanhol. A decisão de cancelamento ficou a dever-se ao facto de um dos postos de controlo, com o número de código 106 na sinalética, ter sido colocado no sítio certo, mas com um número de código errado, mais exactamente o 47.

longa

Los Alijares (imagem aérea / Google Earth)

– – – – – – – – – –

Em termos de resultados, a nível de Selecções, três dos nossos atletas (Joaquim Sousa, Luísa Mateus e Tiago Romão) obtiveram, entre si, 8 (oito) títulos ibéricos, sendo 2 (dois) de Campeão Ibérico e 6 (seis) de Vice-Campeão Ibérico, distribuídos do seguinte modo:

Campeões Ibéricos

Tiago Romão (H20), em Sprint

Joaquim Sousa (H35), em Sprint

Vice-Campeões Ibéricos

Tiago Romão (H20), em Distância Longa

Joaquim Sousa (H35), em Distância Média e Distância Longa

Luísa Mateus (D45), em Distância Média, Sprint e Distância Longa

– – – – – – – – – –

Fotografias (por Paulo Fernandes)

Tiago_Romão

Tiago Romão

Sousa

Joaquim Sousa

Luisa_Mateus

Luísa Mateus

– – – – – – – – – –

Dos restantes atletas do COC, no conjunto das provas (extra-selecção) pontuáveis para o Ranking Nacional da Taça de Portugal, há a destacar o seguinte conjunto de resultados:

1.ºs Lugares

Tiago Brito H18/20B

Andreia Silva (DE)

Daniel Marques (H21A)

Palmira João (D45)

2.ºs Lugares

Inês Domingues (D16)

Luís Tenreiro (H40)

Albano João (H50)

– – – – – – – – – –

Para ver os resultados completos, clicar aqui.

– – – – – – – – – –

Artigos relacionados:

PELO BURACO DA FECHADURA… In Orientovar

XVII CAMPEONATO IBÉRICO DE ORIENTAÇÃO PEDESTRE: ESPANHA ADIANTA-SE! In Orientovar

XVII CAMPEONATO IBÉRICO DE ORIENTAÇÃO PEDESTRE: ‘SPRINTERS’ PORTUGUESES IMPARÁVEIS! In Orientovar

XVII CAMPEONATO IBÉRICO DE ORIENTAÇÃO PEDESTRE: QUE LÁSTIMA! In Orientovar

– – – – – – – – – –

Mais fotografias aqui.

– – – – – – – – – –

Artigo por Mário Santos

Tiago Romão (Jun Masc)

Patrícia Casalinho (Sen Fem)

Catarina Ruivo (Sen Fem)

Paulo Franco (Sen Masc)

Joaquim Sousa (Vet Masc I)

Luísa Mateus (Vet Fem II)

Deixe um comentário

Nota: A moderação de comentários está activa, o que vai atrasar a sua publicação. Não há necessidade de re-enviar o seu comentário.