O COC foi vencedor do I Troféu Quiaios Hotel

Vitória colectiva no I Troféu Quiaios Hotel e 4 atletas do COC a sagrarem-se Campeões Ibéricos foi  parte importante do saldo positivo do fim de semana

Decorreu no passado fim-de-semana, 29 e 30 de Setembro, mais uma prova de Orientação Pedestre pontuável para a Taça de Portugal nível 1, denominada I Troféu Quiaios Hotel. Adicionalmente, esta competição também correspondia à segunda etapa do XX Campeonato Ibérico depois de meses atrás se ter disputado a primeira etapa em Espanha.

Desta feita, cerca de 500 atletas Portugueses a que se juntaram quase outros tantos Espanhóis, rumaram até aos mapas Lagoa da Vela Sul, Montemor-o-velho e da Praia de Quiaios, para ai lutarem pelos títulos em questão.

Sábado de manhã disputou-se uma etapa de distância média no mapa Lagoa da Vela Sul. A prova destacou-se pela qualidade dos percursos face à tipologia da prova bem como a sua adequada distância a uma média.

De tarde a comitiva Orientista deslocou-se até Montemor-o-velho para a realização da etapa de sprint. Com um mapa bastante difícil  o traçador e percursos fez um excelente trabalho, com percursos verdadeiramente desafiantes.

Para terminar, Domingo os atletas foram brindados com uma prova de distância longa, no mapa da Praia de Quiaios, tipico terreno de pinhal e dunas. Aqui a escolha das opções marcou a diferença

No computo geral, contando as três etapas para o I Trofeu Quiaios Hotel, há que destacar que o COC foi o clube com mais primeiros lugares (9 vencedores), destacando-se os seguintes resultados COCistas:

H10: 2º lugar de Bernardo Filipe e 3º lugar de Rodrigo Oliveira;

D12: 1º lugar de Tânia Pereira Olaio  e 3º lugar de Liane Batista;

H14: 1º Lugar de Ricardo Tenreiro;

D14: 1º lugar de Sara Roberto;

H16: 1º lugar de João Bernardino e 3º lugar de António Ferreira;

D18: 3º lugar de Inês Domingues;

Homens Elite: 5º lugar de Paulo Franco;

Damas Elite: 1º lugar de Andreia Silva;

H35: 3º lugar de Ricardo Oliveira;

H40: 1º lugar de Joaquim Sousa e 3º lugar de Luís Tenreiro;

D40: 1º lugar de Anabela Vieito;

D45: 2º lugar de Luísa Mateus;

H50: 1º lugar de Albano João;

D50: 1º lugar de Isabel Monteiro;

Dificil Longo: 3º lugar de Magalie Cordeiro Mendes.

Colectivamente o COC esteve ao seu melhor nível e venceu mais esta prova da Taça de Portugal com 5581,79 pontos, deixando atrás de si  o ADFA e o CPOC com 5415,31 e 5106,70 pontos, respectivamente. Com este resultado colectivo o COC volta à liderança da Taça de Portugal por clubes.

Tal como havíamos iniciado a crónica, esta prova correspondido à segunda mão do XX Campeonato Ibérico depois da primeira disputada no passado mês de Março em Córdoba.

No cômputo das 6 etapas (3 em Espanha e 3 em Portugal) há a destacar 4 Campeões Ibéricos do nosso Clube, nomeadamente João Bernardino em H16, Anabela Vieito em D40, Joaquim Sousa em H40 e Albano João em H50.

De referir ainda o título de Vice-campeã Iberica de Luisa Mateus em D45, o terceiro lugar de Antonio Ferreira em H16 e o terceiro lugar de José Bernardo em H40.

No saldo final destaca-se ainda o facto de o COC ter sido o clube com mais Campeões Ibéricos.

A Taça de Portugal volta já no próximo fim-de-semana, com uma prova de nível II com a particularidade de ser organizada pelos atletas do grupo de Selecção Nacional e que se disputará em Serpa.

Visite aqui os diversos álbuns de fotos tiradas pelos nossos companheiros:

HELDER

GILDO

IIDIO

Uma Resposta

  1. Velho Says:

    “De referir ainda o título de Vice-campeã Iberica de Luisa Mateus em D45, o terceiro lugar de Antonio Ferreira em H16 e o terceiro lugar de José Bernardo em H40”. E já agora, o não menos esforçado 3º lugar do Ricardo Oliveira em H35.

Deixe um comentário

Nota: A moderação de comentários está activa, o que vai atrasar a sua publicação. Não há necessidade de re-enviar o seu comentário.