Thierry Guergiou e Linnea Gustafsson vencedores no XIII MOC WRE

Ponto final no Meeting de Orientação do Centro – WRE 2012. No segundo dia de provas, Thierry Gueorgiou e Linnea Gustafsson demonstraram ser os melhores, juntando à vitória na etapa a conquista dos respectivos troféus.

O Meeting de Orientação do Centro – WRE 2012 chegou ao fim e, com ele, o período áureo das provas de Inverno em Portugal e que este ano, no conjunto das três etapas aqui disputadas – Arronches, Viseu / Sátão e Marinha Grande – trouxeram ao nosso País um número de estrangeiros superior aos dois milhares. No Pinhal do Rei, este fim-de-semana, esse número ultrapassou os 600 atletas, provenientes sobretudo dos países nórdicos, aos quais se devem somar sensivelmente outros tantos portugueses.

A etapa decisiva do XIII MOC, voltou a percorrer as verdes e perfumadas florestas da Marinha Grande, mostrando uma vez mais ser o Pinhal do Rei um dos locais de culto da Orientação portuguesa. Uma prova de Distância Média ao encontro dos padrões de qualidade internacional que lhe era exigida pedia velocidade e precisão aos atletas, em busca do melhor resultado possível. Thierry Gueorgiou (Kalevan Rasti) mostrou o porquê de ser o líder do ranking mundial e, vingando uma performance menos conseguida na véspera, levou de vencida esta etapa, cumprindo o seu percurso de 7.3 km em 33:53. Com mais 0:57 e 1:11, respectivamente, Anders Nordberg (Vaaj Tera) e David Andersson (Malungs) alcançaram as posições imediatas.

Na prova feminina Linnea Gustafsson (OK Hallen), foi novamente a mais forte, vencendo com o tempo de 36:49 para um percurso de 6,4 km. Atrás de si quedaram-se Lena Eliasson (Domnarvets GoIF) e Venla Niemi (Tampereen Pyrinto), com registos de 38:09 e 39:06, respectivamente.

Entre os portugueses, Manuel Horta e Joana Costa, do GafanhOri e do GD4C respectivamente, foram os mais fortes, relegando para a segunda posição Tiago Leal (GafanhOri) e Raquel Costa (GafanhOri), respectivamente.

Contas feitas ao somatório das duas etapas, Thierry Gueorgiou e Linnea Gustafsson foram os grandes vencedores deste XIII Meeting de Orientação do Centro. Olav Lundanes e Anders Nordberg, na Elite Masculina, e Lena Eliasson e Venla Niemi, na Feminina, ocuparam por esta ordem os lugares imediatos do pódio. Quanto aos portugueses, Tiago Aires e Raquel Costa acabaram por ser os melhores, ocupando na classificação geral final a 22ª e 23ª posições, respectivamente.

A Taça de Portugal de Orientação Pedestre estará de regresso dentro de quatro semanas quando, em Adamuz (Córdoba), tiver lugar a primeira etapa do XX Campeonato Ibérico 2012.

Saudações orientistas.

JOAQUIM MARGARIDO

Uma Resposta

  1. Cátia Marques Says:

    Excelente texto, excelentes palavras, que tão bem definem os resultados obtidos neste passado fim-de-semana…Parabéns a todos os participantes e em especial a todos os que estiveram envolvidos na organização. Ou seja, para o ano cá estaremos de novo, obrigada a todos.

Deixe um comentário

Nota: A moderação de comentários está activa, o que vai atrasar a sua publicação. Não há necessidade de re-enviar o seu comentário.