COC colectivamente campeão e vice-campeão Absoluto em Femininos e Masculinos respectivamente.

campeasabs2016

COC fecha com chaves de ouro e prata a época de orientação 2017.

Viana do Alentejo e Torre de Coelheiros foram os locais escolhidos para a derradeira prova da época de 2017.

O Clube Natureza do Alvito e COALA de Sines, organizaram no passado fim-de-semana, dias 12 e 13 de Novembro o Campeonato Nacional Absoluto de 2016, contando com os apoios dos Municípios de Viana do Alentejo e Évora, a que se juntaram outras entidades, associações e colectividades da região.

Na manhã de sábado disputaram-se as qualificatórias no mapa de Viana do Alentejo, com os percursos a levarem os atletas às antigas pedreiras de extracção de mármore, em que a dificuldade maior passou pela escolha da melhor opção entre pontos de controlo.

O COC conseguiu que 18 dos seus atletas se apurassem para as Finais, 12 para a final masculina e 6 na final feminina.

Domingo pelas 09h30, nos terrenos a Sul da Aldeia de Torre de Coelheiros (Concelho de Évora) tiveram inicio as finais, para apuramento dos Campeões Absolutos Masculinos e Femininos, individuais e colectivos.

O terreno caracteriza-se pelo elevado recorte técnico, rendilhado pelas inúmeras reentrâncias, esporões e rochas que o tornavam muito similar, obrigando os atletas a uma muito cuidada e atenta navegação, mas também a uma rápida e intensa progressão em corrida, pois os títulos só seriam conquistados por quem muito rápido corresse mas que também muito bem navegasse.

E foi isso que fizeram os 18 atletas do COC, com os primeiros 5 de cada género a somarem os seus tempos, para no final as Femininas conquistarem o Titulo Absoluto, enquanto os Masculinos conquistaram o título de vice campeões.

Ainda que se tratassem de títulos colectivos em equipas de 5 elementos, para além do destaque aos 18 participantes nas finais, não queremos deixar de sublinhar os 10 finalistas que pontuaram (5 Femininos e 5 Masculinos), onde pela sua idade merecem um realce maior Helena Lima (Damas 18), Tomás Lima (Homens 16) e João Bernardino (Homens 20).

susanapontesSusana Pontes – continua forte mantendo uma extraordinária consistência de resultados. Júnior, Sénior ou Veterana…faz qualquer lugar.

patriciacasalinhoPatrícia Casalinho – A recomeçar recentemente a treinar depois de uma paragem prolongada, fez valer a sua boa técnica na sua actual e possível velocidade de corrida.helenalima

Helena Lima – Juventude na idade, maturidade na prática de Orientação. Um futuro à sua frente que ela poderá explorar até ao limite que ninguém sabe qual será.

adelindina

Adelindina Lopes – Está sempre presente quando o colectivo precisa dela. Desde que, em boa hora, passou a representar o COC, tem estado nos títulos colectivos do Clube.

inesdomingues

Inês Domingues – Muitos anos de Orientação, muito conhecimento técnico a suplantar a menor capacidade de corrida nesta preenchida vida académica. Desta vez foi na pedestre que ajudou a conquistar mais um título colectivo.

catiamarquesCátia Marques – Cumpriu e se alguma das outras companheira de equipa tivesse algum percalço, também com o seu tempo o titulo seria do COC.

joaobernardinoJoão Bernardino – Reiteramos os comentários que fizemos ao desempenho de Helena Lima, acrescentamos apenas que a sua calma e serenidade fazem parecer que lhe corre gelo nas veias, jamais se deixando perturbar pelo ambiente ou pela importância do evento.

gildosilvaGildo Silva – Muita experiência, muito boa condição física e um desempenho importante para o colectivo,com um resultado individual de muito mérito.

joaquimsousaJoaquim Sousa – o mais experiente atleta do COC, que conta no seu palmarés com inúmeros títulos nacionais e mundiais, a recuperar da sua prolongada lesão e cirurgias a que foi sujeito. Muito esforçado e sempre na luta pelo melhor resultado individual e colectivo.

tomaslimaTomás Lima – o mais jovem dos atletas do COC (16 anos) presentes na Final a demonstrar uma excelente condição física e uma boa capacidade de navegação. Até onde será capaz de chegar este atleta? Como alguém confessava no final “passou por mim e nem fui capaz de o seguir…”

paulofrancoPaulo Franco – A recuperar da cirurgia e a iniciar os treinos, trabalhou muito e bem para o colectivo.

Dignos registos para os restantes masculinos que se bateram bem, sempre com a certeza de que se alguém tivesse falhado, teríamos mais atletas para assegurar um bom resultado colectivo.

RESULTADOS INDIVIDUAIS

Final Masculina
Campeão: Manuel Horta (Gafanhori)
Vice-Campeão: Tiago Romão (Gafanhori)
3º Classificado: Pedro Nogueira (ADFA)

7º João Bernardino
9º Gildo Silva
12º Joaquim Sousa
14º Tomás Lima
19º Paulo Franco
29º Rui Botão
36º Rafael Lima
44º César Conceição
47º Celso Moiteiro
51º António Cotovio
55º Edgar Domingues
Jorge Oliveira (mp)

Final Feminina
Campeã: raquel Costa (Gafanhori)
Vice-Campeã: Filipa Rodrigues (ADFA)
3ª Classificada: Mariana Moreira (CPOC)
4ª Susana Pontes
5ª Patrícia Casalinho

10º Helena Lima
14º Adelindina Lopes
17º Inês Domingues
24º Cátia Marques

RESULTADOS COLETIVOS

Masculinos
Campeões: ADFA
Vice-Campeões: COC
3os Classificados: Ori-Estarreja

Femininos
Campeãs: COC
Vice-Campeãs: GD4C

Fotos de Hugo Monteiro e Isabel Saraiva

Uma Resposta

  1. Teresa Alves Says:

    Tomás Lima _ 15 ANOS…

Deixe um comentário

Nota: A moderação de comentários está activa, o que vai atrasar a sua publicação. Não há necessidade de re-enviar o seu comentário.