Sete títulos Individuais e seis Colectivos

A comitiva orientista pedestre deslocou-se no passado fim-de-semana, 2 e 3 de Junho, à Vila do Marvão no norte do Alentejo para competir nos Campeonatos nacionais de sprint e média. A organização desta prova da Taça de Portugal nível I ficou a cargo do Grupo Desportivo 4 Caminhos com a participação de 515 atletas, sendo 63 atletas do COC

No sábado o Sol brilhou para o campeonato nacional de sprint que foi disputado por duas etapas, uma em floresta e outra nas muralhas do Castelo do Marvão. A Herdade do Pereiro foi o palco para a primeira etapa, nesta prova os atletas encontraram um terreno com alguns detalhes de relevo e bastantes detalhes rochosos. À tarde na vila turística do Marvão os atletas usufruíram de um verdadeiro labirinto pelas muralhas do castelo.

A soma dos tempos das duas etapas sagrou vários campeões nacionais de Sprint, com destaque para os seguintes resultados:

  • Em H10 Bernardo Filipe foi 2ºclassificado;
  • Em D10 Laura Tenreiro Classificou-se em 1º lugar e Mara Monteiro em 3º;
  • Em D14 Sara Roberto sagrou-se campeã nacional e Beatriz Norte foi terceira;
  • Em H16 Gabriel Braz foi segundo classificado;
  • Em D18 Inês Domingues foi terceira classificada;
  • Em Homens Elite Joaquim Sousa foi 5º;
  • Em Damas Elite Patrícia Casalinho foi vice-campeã nacional;
  • Em H21A Celso Moiteiro classificou-se em 1º;
  • EM H21B Edgar Domingues venceu o escalão;
  • EM H35 Ricardo Oliveira sagrou-se campeão nacional;
  • Em D40 Anabela Vieito sagrou-se campeã Nacional.
  • Em D45 Luísa Mateus sagrou-se campeã Nacional
  • Isabel Monteiro foi segunda em D50;

Colectivamente o COC venceu o escalão D14 através de Sara Roberto, Beatriz Norte e Liane Batista e também o escalão de Veteranas Femininas I com Anabela Vieito, Cláudia Garcia Monteiro e Cátia Marques.

No Domingo disputou-se o campeonato nacional de distância média, numa bela floresta de carvalhos no Vale do Roldão. O terreno caracterizava-se pelos muitos elementos rochosos presentes e pelo desnível acentuado. O COC teve vários atletas com resultados de destaque:

Laura Tenreiro venceu o escalão D10;

Em H14 José Fonseca foi campeão nacional e Ricardo Tenreiro foi terceiro;

Em D14 Sara Roberto foi campeã nacional.

Na Elite Masculina André Ramos foi terceiro e Joaquim Sousa 5º;

Na Elite Feminina Catarina Ruivo sagrou-se vice-campeã nacional;

Em H21A Celso Moiteiro foi terceiro;

Em H21B Edgar Domingues foi segundo;

Em D40 Rosário Barros foi terceira classificada;

Luísa Mateus classificou-se em 2ºlugar em D45;

Albano João foi terceiro em H50;

D50 Palmira João foi campeã nacional.

Manuel Domingues foi terceiro em H55;

Colectivamente o COC venceu o escalão D14 através de Sara Roberto, Beatriz Norte e Ana Gouveia; o escalão de Juvenis Masculinos através de António Ferreira, Gabriel Braz e Pedro Roberto; o escalão de Seniores Femininas com Catarina Ruivo, Andreia Silva e Patrícia Casalinho; o escalão de Veteranas Femininas II com Luísa Mateus, Palmira João e Isabel Monteiro.


Neste fim-de-semana o COC conquistou 6 títulos colectivos, por outro lado em termos individuais o clube teve 7 atletas campeões nacionais, 5 atletas vice campeões nacionais e ainda 7 terceiros lugares.

Nos escalões abertos e em termos individuais, tivemos 4 vitórias, 2 segundos lugares e 2 terceiros.

Na classificação coletiva geral o COC classificou-se em 2º lugar (5426 pontos), somente a 29 pontos do 1º lugar conquistado pelo ADFA (5455 pontos).

Em termos de Campeonatos Nacionais na corrente época falta agora disputar o Campeonato Nacional Absoluto onde o COC pretende conquistar os 2 títulos em disputa, nomeadamente em Masculinos e Femininos. Temos atletas que nos permitem pensar que do sonho à realidade o que nos separa é apenas treino, empenho e especialmente confiança e convicção.

Deixe um comentário

Nota: A moderação de comentários está activa, o que vai atrasar a sua publicação. Não há necessidade de re-enviar o seu comentário.