PAULO FRANCO no WOC 2011 – I

O nosso atleta Paulo Franco está pela primeira vez presente num WOC – Campeonato do Mundo de Orientação, fruto do muito e persistente trabalho que tem desenvolvido ao longo dos anos.

França e os Alpes são o local onde se disputam estes campeonatos, em terrenos marcados pela dificuldade técnica e pela dificuldade de progressão.

Não será fácil identificar um terreno em Portugal, se quisermos passar-vos a imagem das características da floresta onde o Paulo já disputou as qualificatórias de Média e Longa.

No que respeita à sua participação, o Paulo correu no Sábado 13.08 a qualificatória da Longa no mapa de Les Creusates em St. François de Sales tendo feito um excelente resultado ao classificar-se em 17º lugar a apenas 4’56’’ de um lugar na final A (passavam os 15 primeiros), deixando atrás de si atletas de renome como Stepan Kodeda (Rep. Checa), Lukas Bartak (Eslováquia), Rasmus Thrane Hansen (Dinamarca), Ivan Sirakov (Bulgária) e Yury Tambasau (Bielo-Rússsia). O feito é digno da segunda melhor prestação de sempre de um atleta português na Distância Longa em Campeonatos do Mundo (em 2006, Maco Póvoa conseque o 31º lugar na final).

Domingo 14.08 teve lugar a qualificatória da Média, onde o Paulo não esteve tão brilhante como na véspera, tendo-se classificado em 36º lugar na sua manga, a 21’11” da final A (passavam 15 primeiro).

O Paulo volta à competição no próximo sábado dia 19.08 para a prova de Estafetas para a qual lhe desejamos o maior sucesso, incluindo aos restantes membros da equipa.

Amanhã dia 15 será o dia de descanso, e dia 16 a qualificação do sprint durante a manhã e à tarde a respectiva final. O Paulo não competirá no Sprint pelo que desejamos o melhor sucesso aos atletas portugueses em prova: Diogo Miguel, Miguel Silva, Tiago Leal e Maria Sá.

Voltaremos ao site para deixar registo dos resultados do Paulo  nas Estafetas.

Para acompanhar a prestação do Paulo consulte www.woc2011.fr

Deixe um comentário

Nota: A moderação de comentários está activa, o que vai atrasar a sua publicação. Não há necessidade de re-enviar o seu comentário.