CAMPEONATOS NACIONAIS DE ORIENTAÇÃO-BTT: O FIM-DE-SEMANA DE PAULO ALÍPIO!

Este fim-de-semana (27 e 28 de Março de 2010), decorreram os Campeonatos Nacionais de Orientação em BTT ’2010, numa organização conjunta do Clube de Orientação de Estarreja e da Câmara Municipal de Oliveira de Azemeis.

Este evento, que apurou os Campeões Nacionais de Ori-BTT de Distância Média, Longa e Sprint, quer a nível individual, quer a nível colectivo, nos escalões masculinos e femininos de Juvenis, Juniores, Seniores e Veteranos, ficou marcado positiva e negativamente.

Pela positiva, há a destacar a “tripla” vitória do atleta Paulo Alípio, do Clube de Orientação do Centro (COC), já que venceu em todas as frentes, sagrando-se Campeão Nacional Individual de Distância Longa, Média e Sprint.

Paulo Alípio (clicar para ampliar)
(Fotografia de Joaquim Margarido)

Pela negativa, há a registar os acidentes de outros dois atletas do COC: Daniel Marques (retirando-o, logo na primeira prova, da luta pelos títulos em disputa) e Jorge Pires.

Este evento acolheu mais de 200 participantes, entre eles atletas oriundos de vários países (Áustria, Espanha, Alemanha, Lituânia, Rússia e Suíça), com o intuito de se prepararem para o Campeonato do Mundo de Orientação em BTT (WOC MTB ’10), que se irá realizar no nosso país, em Montalegre, de 9 a 18 de Julho de 2010.

– – – – – – – – – –

Sábado, 27 de Março

1ª Etapa, Distância Média – Mapa “São Martinho da Gândara

Terreno de baixa altimetria com boa rede de caminhos. Zona de eucaliptal e pinhal intercalando com terrenos de cultivo e aglomerados de casas. Mapa à escala 1:15 000 e equidistância de 5 metros.

2ª Etapa, Sprint – Mapa “São Martinho da Gândara

Terreno de baixa altimetria com boa rede de caminhos. Zona de eucaliptal e Pinhal. Mapa à escala 1:10 000 e equidistância de 5 metros.

Domingo, 28 de Março

3ª Etapa, Distância Longa – Mapa “Palmaz

Terreno de elevada altimetria com boa rede de caminhos e single tracks (caminhos carreteiros), caracterizado por eucaliptal, pinhal e pequenos aglomerados de casas. Mapa à escala 1:20 000 e equidistância de 10 metros.

Infelizmente, nas últimas semanas o mau tempo que se fez sentir agravou as condições de terreno para as etapas média e de sprint, havendo muita água e muita lama que tornou as opções em “lotaria”. No entanto as provas foram bem disputadas e proporcionaram, a todos, desafios, quer a nível físico, quer a nível técnico.

– – – – – – – – – –

Em termos competitivos e no que ao COC diz respeito, há a salientar os 3 títulos (Distância Longa, Média e Sprint) de Paulo Alípio, em Homens Elite.

Resultados individuais mais relevantes dos atletas do COC

Distância Média

1º – Paulo Alípio – HE
1ª – Catarina Ruivo – D21A (Extra-Campeonato)
2ª – Luísa Mateus – D45
3º – André Coelho – H17
3ª – Anabela Vieito – D35
3º – Carlos Vale – H50

Sprint

1º – Paulo Alípio – HE
2º – Joel Morgado – HE
3º – André Coelho – H17
3º – Luís Pires – HE

Distância Longa

1º – Paulo Alípio – HE
2ª – Anabela Vieito – D35
2º – Albano João – H50
3º – André Coelho – H17
3º – Luis Tenreiro – H40

Extra-Campeonatos, há a referir ainda que Catarina Ruivo, em D21 A, obteve o 1º, 2º e 1º lugares, respectivamente.

Por equipas, o COC sagrou-se Campeão Nacional em HE em Distância Média (Paulo Alípio, Joel Morgado e Guilherme Marques), em HE no Sprint (Paulo Alípio, Joel Morgado e Luís Pires) e em Vet Masc 2 na Distância Longa (Albano João, Carlos Vale e Carlos Lopes).

– – – – – – – – – –

Pela negativa, há a referir o grave acidente que o Daniel Marques (COC) teve na etapa de Distância Média, cortando-se num arame que estava no percurso. Mais informações do acidente em: http://dani-oribtt.blogspot.com/. Para o Daniel Marques, aqui ficam os votos de rápidas melhoras.

Além do acidente do Daniel Marques, pode dizer-se que foi um fim-de-semana negro para o COC, só contrariado pelos títulos do Paulo, já que de tudo sucedeu aos nossos atletas: o Jorge Pires fez uma ruptura de ligamentos, ocorreram vários mp’s (missing points) e muitas avarias mecânicas, impossibilitando os nossos atletas de completar todas as etapas ou penalizando a prestação nas etapas que se concluíram, já para não falar em atletas a chegar atrasados à partida, furos, entre outros incidentes, a par da desistência prematura e forçada da família Serralheiro devido ao acidente do Daniel.

– – – – – – – – – –

A próxima prova da Taça de Portugal em Ori-BTT, que incluirá uma etapa WRE (World Ranking Event), a contar para o Ranking Mundial de Ori-BTT, será organizada pelo COC, no fim-de-semana de 17 e 18 Abril de 2010, na Caranguejeira (região de Leiria).

– – – – – – – – – –

Mais informações, incluindo todos os resultados, disponíveis em http://www.ori-estarreja.pt

Informações sobre a modalidade em http:/www.fpo.pt e http://www.orientovar.blogspot.com/

– – – – – – – – – –

Artigo por Albano João
Edição web de Mário Santos

Deixe um comentário

Nota: A moderação de comentários está activa, o que vai atrasar a sua publicação. Não há necessidade de re-enviar o seu comentário.