EOC 2012 – Qualificatórias de Dist. Média e Longa

Ontem e hoje realizaram-se as qualificatórias das prova de  Dist. Média e Longa respectivamente.

Infelizmente nenhum dos atletas da selecção consegui o acesso às tão ambicionadas finais.

Os resultados das qualificatórias foram os seguintes:

Distância média:
Séria A
1 Valentin Novikov Russia 26:05
2 Mikhail Mamleev Italy 26:08
Dmitry Tsvetkov Russia 26:08
38 Manuel Horta Portugal 32:44
40 Tiago Leal Portugal 35:04

Série B
1 Olav Lundanes Norway 25:22
2 Carl Waaler Kaas Norway 25:59
3 Vojtech Kral Czech republic 26:02
30 Miguel Silva Portugal 30:32

Série C
1 Johan Runesson Sweden 25:24
2 Thierry Guergiou France 25:39
3 Jonas Vytautas Gvildys Lithuania 25:50
32 Tiago Aires Portugal 31:17
37 Paulo Franco Portugal 34:34
Distânca Longa:
Série C
1 Olli-Markus Taivainen Finland 45:44
2 Thierry Guergiou France 45:59
3 Johan Runesson Sweden 46:01
33 Paulo Franco Portugal 63:47

Manuel Hora e Tiago Leal não participaram na prova de Distância Longa por opção, Tiago Aires viu-se obrigado a desistir por motivo de lesão, e Miguel Silva optou por se poupar para a prova de Sprint.

Relativamente ao desempenho de Paulo Franco na distância média, o atleta comenta:

“Dadas as características do terreno e o tempo previsto para o primeiro atleta imaginei que prova fosse bastante rápida. A minha estratégia era começar seguro e tentar aumentar o ritmo no desenrolar da prova. Perdi cerca de 30 seg para o primeiro ponto, mas nos próximos 3 pontos consegui voltar a controlar a navegação. No total da prova perdi cerca de 4/5 minutos em erros e hesitações. Para além dos erros na navegação e do handicap físico, senti que a diferença para os melhores esteve na capacidade de progressão neste tipo de terrenos. É um tema que temos de trabalhar bastante e ganhar mais experiência.”

Na prova de Distância Longa o atleta dá a seguinte nota:

“Comecei bem a prova apenas com algumas hesitações pequenas, mas sem perder muito tempo. No ponto 5 perdi cerca de 1 minuto e fui apanhado pelo atleta Letão que saiu atrás de mim. Para o 6 fizemos a saída do ponto igual mas como depois ele tomou uma opção diferente não voltei a vê-lo. A caminho do 9 desviei-me um pouco da melhor rota e fui passado pelos outros dois atletas que saíram atrás de mim, sem os ver (T. Guergiou e I. Zinca). No resto do percurso perdi cerca 1 minuto e meio o que dá no total 5/6 min no total do percurso.

Em termos de navegação penso que foi positivo e senti-me bem fisicamente. Fiz a prova sozinho o que actualmente, neste tipo de terreno, se traduz num ritmo de corrida um inferior ao desejado para se alcançar uma final.
Amanhã é a prova de Sprint. Apesar de não ser grande especialista, vou dar o meu melhor!”
O mapa de Paulo Franco bem como o percurso realizado pode ser consultado em baixo ou no GPS online através do seguinte endereço.

Desejos da melhor sorte para a prova de Sprint, desta feita com partida dos cinco atletas Portugueses:  Paulo Franco 9:31, Manuel Hora 9:43, Tiago Aires 9:46, Tiago Leal 9:55, Miguel Silva 10:02

 

Uma Resposta

  1. Albano Joao Says:

    Bora lá pessoal, força nisso.
    Albano

Deixe um comentário

Nota: A moderação de comentários está activa, o que vai atrasar a sua publicação. Não há necessidade de re-enviar o seu comentário.